Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

Buscar  
Esporte

Publicada em 24/08/20 às 19:22h - 58 visualizações
Justiça do Paraguai liberta Ronaldinho Gaúcho e o irmão Roberto de Assis

Macau 94 FM


O juiz Gustavo Amarilla Arnica decidiu livrar o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão, Roberto de Assis, da prisão domiciliar. Em audiência nesta segunda-feira, dia 24, o magistrado atendeu a um pedido da promotoria paraguaia para suspender o processo com a condição de que fosse paga uma multa de 200.000 dólares.

Presentes no julgamento, Ronaldinho e o irmão aceitaram os termos do acordo apresentado pela Ministério Público, conforme era esperado. À Justiça, eles informaram que vão fixar domicílio no Rio de Janeiro – lá, eles terão que prestar contas às autoridades a cada quatro meses.

Eles são acusados de uso de passaporte falso e estão presos no Paraguai há cinco meses e 20 dias – passaram um mês num presidio de segurança máxima e o resto do tempo em regime domiciliar em um hotel de luxo, em Assunção.

Veja




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Hora Certa

Publicidades
Redes Sociais


 
Parceiros



W.H.Z. EMPRESA JORNALISTICA E DE RADIODIFUSÃO LTDA
Copyright (c) 2020 - Macau 94 FM - Todos os direitos reservados